Notícias

DME divulga monitoramento das represas do Município

Empresa irá disponibilizar dados semanalmente

O Sudeste do país ainda está passando pelo período seco, caracterizado por sol predominante e pancadas de chuva isoladas, com duração de aproximadamente sete meses a partir de maio e com previsão de término no final do mês de novembro.

Normalmente, observa-se que o consumo de água tende a aumentar durante o tempo seco. Em Poços de Caldas, os reservatórios estão com capacidade suficiente para atendimento da população, mas ainda assim é preciso economizar. O uso consciente, principalmente em época de estiagem, contribui para a regulação do volume de água disponível.

Com relação ao fornecimento de energia elétrica, o risco de racionamento também é baixo. De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a situação está dentro do esperado para a época. As concessionárias fazem parte de um sistema nacional interligado, ou seja, mesmo que em um determinado local a geração de energia esteja bem abaixo do volume ideal, o sistema não é prejudicado, pois outras localidades em melhores condições auxiliam na geração de energia.

A DME monitora diariamente o nível das represas sob sua responsabilidade e a partir de agora, disponibiliza em seu site, o acompanhamento semanal, basta acessar: www.dmepc.com.br/noticias/dados-reservatorios. Os dados serão atualizados toda segunda-feira. Na semana passada, por exemplo, a Represa Bortolan estava com 1,87 m negativos e volume útil de 42%. Já a Represa do Cipó, o nível era de 6,52 m negativos e volume útil de 34%.

Em cooperação com o Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE), cuja principal fonte de captação para abastecimento público fica próxima a Represa do Cipó, a DME já reduziu a sua geração de energia a partir das usinas hidrelétricas locais. Juntas, as duas entidades têm acompanhado as condições, realizando as ações necessárias.

Reutilizar sempre que possível, checar possíveis vazamentos, fechar bem as torneiras, priorizar a limpeza de veículos a seco, diminuir o tempo do banho, não lavar calçadas e quintais, são algumas medidas que ajudam a combater o desperdício. Cada um deve fazer a sua parte e colaborar.

Quem Somos

As empresas do Grupo DME são: empresas públicas, ou seja, capital 100 % público; constituídas sob a forma de sociedade anônima, pois esta é a única forma societária que permite às empresas terem somente um acionista; e de capital fechado, ou seja, não poderão negociar seus valores mobiliários no mercado, constituídas nos termos da Lei Complementar Municipal n.º 111, de 26/03/2010.

 

Links

Boletim DME

Redes Sociais